Investigador da Ualg distinguido por aparelho portátil que estimula tato, paladar e olfato em ambientes virtuais

Dispositivo portátil que proporciona sensações dos cinco sentidos recebeu prémio de melhor artigo para jovens investigadores.

João Duarte Pereira Sardo, aluno finalista do mestrado em Engenharia Elétrica e Eletrónica da Universidade do Algarve (UAlg), recebeu o prémio de melhor artigo para jovens investigadores, apresentado no Congresso Internacional de Engenharia e Sustentabilidade no século XXI, INCREASE 2017, que decorreu no Campus da Penha da Universidade do Algarve, de 11 a 13 de outubro.

Entre as dezenas de artigos apresentados foi premiado o Portable Device for Touch, Taste and Smell Sensations in Augmented Reality Experience, por ser considerado o trabalho científico mais inovador. Consiste na apresentação de um dispositivo portátil capaz de proporcionar sensações de tato, paladar e olfato numa experiência de realidade aumentada.

Este trabalho está inserido num projeto de investigação desenvolvido pela Universidade do Algarve em parceria com a empresa SPIC – Creative Solutions, em Loulé, intitulado Mobile Five Senses Augmented Reality System for Museums (M5SAR).

Neste projeto pretende-se desenvolver um sistema de realidade aumentada que constitua um guia em eventos culturais, históricos e em visitas a museus, complementando ou substituindo a orientação tradicional dada pelos guias, sinais direcionais ou mapas. O sistema completo consiste numa aplicação para smartphone e num dispositivo físico (aqui premiado) para ser integrado no dispositivo portátil de forma a explorar os cinco sentidos.

É de realçar que as soluções atuais relacionadas com o aumento de experiências sensoriais consistem em grandes sistemas de hardware e estão longe de ser portáteis. Nesse sentido, o desenvolvimento deste novo dispositivo portátil é inovador, tendo já sido protegido com um pedido provisório de patente (uma parceria entre a empresa SPIC e a UAlg).

O novo dispositivo implementado, embora pequeno, adiciona ao sistema de realidade aumentada as experiências do toque, cheiro e sabor, sendo suficientemente flexível para se adaptar aos diferentes tamanhos dos tablets e smartphones dos utilizadores. É alimentado por uma bateria recarregável, o que dá ao módulo a capacidade de manter o sistema a funcionar durante toda uma visita a um museu.

O BEST PAPER AWARD é financiado pela Águas do Algarve – Grupo Águas de Portugal.

Recorde-se que o INCREaSE 2017, organizado pelo Instituto Superior de Engenharia da UAlg, abordou diversas temáticas no domínio da engenharia e da sustentabilidade no século XXI. Contou com a participação de mais de 300 autores de 17 países diferentes, contribuindo para uma discussão global e multidisciplinar de aspetos fundamentais para o desenvolvimento sustentável das sociedades atuais.

Categorias
Destaque


Relacionado com: