Hospital Lusíadas Faro encerrado hoje após fiscalização da Entidade Reguladora da Saúde

O Conselho de Administração da Lusíadas Saúde decidiu suspender a atividade do Hospital Lusíadas Faro (HLF) para proceder a uma avaliação global da sua infraestrutura, segundo apurou o «barlavento», hoje, sexta-feira, dia 7 de dezembro.

Esta decisão ocorre após uma visita da Entidade Reguladora da Saúde (ERS) «no âmbito das suas atribuições de auditoria a instituições de saúde, na qual foi verificada a necessidade de uma avaliação da infraestrutura elétrica do HLF».

A Lusíadas Saúde «decidiu proceder de imediato não só à avaliação da infraestrutura elétrica mas, tratando-se um edifício centenário, de toda a unidade hospitalar, com 24 camas e cinco gabinetes médicos», segundo explicou fonte do grupo ao nosso jornal.

Neste sentido, a partir de hoje, todos os atos e procedimentos que se encontravam marcados para o HLF serão realizados nas duas Unidades do grupo em Faro – Clínicas Lusíadas Faro e Lusíadas Forum Algarve – bem como no Hospital Lusíadas Albufeira.

Contactada pelo «barlavento», a ERS confirma que, «recentemente, foi realizada uma ação de fiscalização à unidade em causa, no quadro das atribuições e competências» desta entidade.

No dia de hoje, «foi rececionado na ERS um ofício do Grupo Lusíadas Saúde, comunicando que iria proceder a uma avaliação global da infraestrutura» desta unidade.

Categorias
Destaque


Relacionado com: