Dia da Cidade de Lagos destaca vidas exemplares

Não há obras para inaugurar, mas há pessoas para distinguir. Empresários, cidadãos comuns, que se distinguiram na vida local, em variados sectores como o comércio, pesca, desporto, solidariedade social e cultura.

Sete pessoas consideradas um exemplo de vida vão ser distinguidas no próximo feriado municipal de Lagos, que se assinala a 27 de outubro. São pessoas comuns, ligadas ao mundo do trabalho e à vida lacobrigense, que impulsionaram o comércio, empresas, o desporto ou a cultura a nível local. No Dia da Cidade será reconhecido, pela Câmara Municipal de Lagos, o contributo que deram ao concelho.

«As cidades, no Dia do Município, inauguram obras físicas importantíssimas, mas também é essencial destacar o que é fundamental numa sociedade, que são as pessoas. São a maior riqueza que os municípios, as cidades ou os países têm. São os braços para trabalhar, a cabeça para pensar e o coração para sentir», sublinhou Joaquina Matos, presidente da Câmara Municipal de Lagos, em declarações ao «barlavento».

Por esta razão, serão galardoadas, durante a sessão solene, com a participação da Câmara e Assembleia Municipal, a proprietária da pastelaria Taquelim, casa que comemora 80 anos de existência, e a empresária responsável pela pastelaria Gombá, negócio com 50 anos. «Vamos distinguir também dois professores, Maria Eduarda e José Manuel Campos, que há vários anos fundaram a instituição de solidariedade social chamada Núcleo Especializado para o Cidadão Incluso (NECI), o professor João Veloso, político, que foi vereador da Câmara e é um homem da cultura», avançou a presidente ao «barlavento».

A autarquia decidiu valorizar ainda a história de vida de um jovem lacobrigense, que após um acidente, ficou paraplégico, mas que apesar dessa contrariedade continua «a lutar e a viver com garra», descreveu.
Como Lagos é uma cidade virada para o mar e para as artes de pesca, será distinguido um pescador, «um homem de idade, que começou aos 11 anos a acompanhar o pai na faina da pesca na Meia Praia», conta Joaquina Matos. É uma pessoa que toda a vida foi pescador, tendo começado a trabalhar por conta de outrem, até ser proprietário do seu barco, num verdadeiro exemplo para outros profissionais do sector.
Todo o «destaque será para as pessoas. Não temos obras [para inaugurar], mas temos gente. Há ainda momentos culturais e desportivos em todo o concelho», refere a autarca.

A programação, que se estende até dia 31 de outubro, é marcada por provas desportivas, como a vela, aquáticas ou de atletismo, pela música com concertos promovidos pelo Grupo Coral de Lagos e, até, debates e palestras. O programa encerra com um Encontro de Música Popular Portuguesa, a cargo da Associação Cultural e Recreativa «Àmodantiga».

Já no dia 27 de outubro, feriado municipal, são evidenciadas as cerimónias protocolares, como o Hastear das Bandeiras, a Sessão Solene ou a tradicional Missa em honra de São Gonçalo, padroeiro da cidade. A tarde será cultural, com a inauguração de quatro exposições.

A coletiva «Olhares de Lacobrigenses», na Fototeca Municipal, duas mostras no Centro Cultural de Lagos – «Horizontes Quadrilaterais» e «Gente de Outros Tempos – 2ªedição» e uma outra exposição, no Estádio Municipal intitulada «Carlos Cabral – 50 anos de glórias desportivas». «No Estádio vamos inaugurar uma mostra das medalhas e dos troféus, que foram ganhos pelo grande atleta de Lagos, Carlos Cabral. Ele foi funcionário da Câmara, mas foi, sobretudo, um grande atleta, que conquistou grandes títulos», concluiu ainda Joaquina Matos.

………………………………………………………………………………………………..

Dia da Cidade – Programa

24 OUTUBRO
10h00 – Jogos Aquáticos na Piscina, no Complexo Desportivo de Lagos, organizado pela Lagos em Forma
13h00 – Dia da Cidade de Lagos (Vela e Cruzeiro), no Cais da Solaria, promovido pelo Clube de Vela de Lagos
21h30 – XXIX Festival de Coros do Algarve com Les Choeurs du Mercantour (França) e Coral Adágio (Portimão), na Igreja da Nossa Senhora do Carmo (Igreja das Freiras), com o Coro Polifónico Eborae Musica (Évora), na Igreja da Nossa Senhora da Luz, e com o Coro Regina Coeli de Lisboa, no Centro Desportivo de Odiáxere

25 OUTUBRO
9h00 – Torneio de Encerramento de Petanca, no terreno junto ao Polidesportivo do Chinicato, promovido pelo Grupo de Amigos do Chinicato
10h00 – Impossible Run, no Estádio Municipal
15h30 – Concerto de encerramento do XXIX Festival de Coros do Algarve, na Igreja da Nossa Senhora do Carmo (Igreja das Freiras)

27 OUTUBRO
9h30 – Cerimónia de Hastear da Bandeira, com os hinos tocados pela Banda Filarmónica 1º de Maio, na Praça Gil Eanes
10h00 – Sessão Solene do Dia do Município, no Centro Cultural de Lagos
11h30 – Missa em Honra de São Gonçalo (padroeiro da cidade), na Igreja de Santa Maria
15h00 – Abertura da exposição «Carlos Cabral – 50 anos de glórias desportivas», no Estádio Municipal
15h00 – Ciclo de palestras «Os 600 anos da Tomada de Ceuta», com o tema «Os italianos e os descobrimentos henriquinos», pela doutora Nunziatella Alessandrini, no Salão Nobre dos antigos Paços do Concelho
17h00 – Inauguração da exposição coletiva «Olhares de Lacobrigenses», na Fototeca Municipal
17h30 – Inauguração das exposições «Horizontes Quadrilaterais» e «Gente de Outros Tempos», no Centro Cultural de Lagos
18h30 – Comemorações do 1º Aniversário do Museu de Cera dos Descobrimentos, com música, dança e outras animações históricas, com 20 por cento de desconto nas entradas

29 OUTUBRO
10h00 – Palestra «prevenção de quedas em idosos – não caia nisso», promovido pela Câmara Municipal de Lagos e Sociedade Portuguesa de Ortopedia, no auditório do edifício Paços do Concelho Séc. XXI

31 OUTUBRO
21h30 – Encontro de Música Popular Portuguesa, pela Associação Cultural «Àmodantiga», no Centro Cultural de Lagos

Categorias
Destaque


Relacionado com: