Associação de Futebol do Algarve aposta na valorização dos guarda-redes

É o primeiro Centro de Treinos de Guarda-Redes da história da AF Algarve, e para a Associação é «sobretudo é um espaço de aperfeiçoamento técnico».

A Associação de Futebol do Algarve inaugurou na passada quarta-feira, dia 28 de novembro, o primeiro Centro de Treinos de Guarda-Redes da sua história. A primeira sessão teve lugar no Campo da Palmeira nº2, em Albufeira.

O mais recente centro de formação de jogadores da AF Algarve, que para a Associação é «sobretudo é um espaço de aperfeiçoamento técnico», é dedicado aos escalões de sub-13 e sub-14, e prevê dois treinos mensais. «O principal objetivo é promover e valorizar a posição de guarda-redes e motivá-los a continuar a evoluir», refere José Borges, diretor técnico regional.

A iniciativa tem como base o «Projeto 1 – Escola de guarda-redes», desenvolvido pela Federação Portuguesa de Futebol desde 2015, e que conta com Vítor Baía como mentor.

Rafael Lourenço, Tomás Poupinha, Filipe Dourado, Rodrigo Fontaínhas, Rodrigo Alho, Gonçalo Santos, Miguel Rodrigues, Henrique Ferreira, Miguel Fernandes, Dilan Bandeirinha, Diogo Silva, Tiago Proença, Tomás Costa, Lucas Fachadas, João Santos, Gustavo Campos e Luís Batalha foram os atletas presentes na convocatória de estreia.

Os 17 jovens jogadores selecionados representam Portimonense SC, SC Farense, SC Olhanense, Louletano DC, Imortal DC, UD Messinense, Guia FC, EF Faro, CF Esperança de Lagos, CDR Quarteirense e AEF João Moutinho.

Categorias
Desporto


Relacionado com: