Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé propõe fim de semana especial para famílias

O Som Riscado – Festival de Música e Imagem de Loulé propõe um fim de semana especial para bebés, crianças e famílias com enfoque em propostas interdisciplinares inovadoras que pretendem abrir novos horizontes para miúdos e graúdos.

Exemplo disso mesmo é o concerto de música eletrónica para bebés e seus pais – uma estreia absoluta deste formato no Algarve e a sul do país –, que terá lugar no Auditório da Escola Secundária de Loulé, na manhã de sábado, dia 7 de abril, com sessões às 10h00 e às 11h30. O espetáculo é dinamizado pela prestigiada companhia Musicalmente e conta com a convidada especial SURMA, uma das figuras em destaque no atual panorama da música eletrónica em Portugal.

SURMA acabou de ser já confirmada para o South By Southwest 2018. Trata-se do projeto one-woman-band de Débora Umbelino onde dominam teclas, samplers, cordas, vozes e loop stations em sonoridades que fogem do jazz para o post-rock, da eletrónica para o noise.

Ainda no sábado (7 de abril), pelas 11h00, as crianças e suas famílias poderão explorar alternativas e possibilidades sonoras e instrumentais usando elementos como a eletricidade, a eletrónica, o eletromagnetismo, a água, entre muitos outros objetos inusitados do quotidiano na instalação interativa «Atlas de Instrumentos Utópicos», a cargo da associação Sonoscopia (Porto), sediada no Auditório do Convento do Espírito Santo. No domingo, 8 de abril, pelas 15h30 há também sessão para famílias.

Os interessados em criar uma «Orquestra de Balões» com recurso à construção de instrumentos «utópicos» poderão inscrever-se previamente nesta formação pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email [email protected] A proposta e a aventura ficarão a cargo do mesmo coletivo artístico portuense, Sonoscopia, realizando-se no dia 8 de abril, entre as 10h00 e as 13h00, no Auditório do Convento do Espírito Santo.

Sábado e domingo, entre as 10h00 e as 18h00, desta feita na Casa da Cultura de Loulé (CECAL, Parque Municipal), tanto miúdos como graúdos poderão explorar diferentes interfaces audiovisuais na instalação interativa «Non Human Device #04», idealizada e concebida por Boris Chimp 504. Trata-se de um dispositivo «não humano» que parece ter caraterísticas de controlo de uma nave espacial na qual poderão viajar através do universo do som e da imagem.

O acesso às instalações interativas é gratuito e a entrada no concerto de música eletrónica para bebés e seus pais tem um custo associado por pessoa de 5 euros, sem descontos aplicáveis, requerendo inscrição prévia (limitada). O passe para os cinco dias de festival tem o valor promocional de 15 euros.

Rodrigo Leão toca esta noite

No âmbito da terceira edição do Som Riscado, o Festival de Música e Imagem de Loulé, decorre esta noite, sexta-feira, 6 de abril, às 22h00, no Cine-Teatro Louletano, o concerto visual de Rodrigo Leão Ensemble intitulado «Os Portugueses» em que o prestigiado compositor e músico explora a temática da portugalidade com uma vincada linguagem visual como suporte.

Rodrigo Leão, acompanhado por um(a) cantor(a) convidado(a), uma formação ancorada num naipe de cordas (violino, violoncelo e viola) e um multi-instrumentista reproduzirão em palco os ambientes sonoros das gravações originais de “Os Portugueses” numa versão revista e atualizada dos temas instrumentais do compositor escritos para a série televisiva «Portugal, um Retrato Social», cujas imagens serão projetadas no decorrer do espetáculo.

O festival preocupa-se em consolidar a componente reflexiva que o carateriza através da promoção de conversas e debates entre os universos da música e da imagem. Assim, a anteceder o concerto, terá lugar, pelas 18h30, no mesmo local, a conversa «Da Imagem à Música: Labirintos e Fascínios do Processo Criativo», que contará com a participação do músico Rodrigo Leão, de Ivan Dias (produtor/realizador) e de Joana Pontes (realizadora).

A entrada no concerto visual «Os Portugueses» tem um custo associado por pessoa de 5 euros, sem descontos aplicáveis, dirigindo-se ao público em geral. O passe para os cinco dias de festival tem o valor promocional de 15 euros.

Para mais informações e reservas os interessados podem contactar o Cine-Teatro Louletano pelo telefone 289 414 604 (terça a sexta-feira, das 13h00 às 18h00) ou pelo email [email protected]

Além disso, podem consultar a sua página de facebook ou o seu renovado website, ambos em permanente atualização, existindo também a possibilidade de compra de ingressos nos locais aderentes ou online através da plataforma BOL.

Categorias
Cultura


Relacionado com: