Novo livro da Arandis Editora conta a «verdade nunca revelada sobre Cristóvão Colombo»

«Colombo Mistério Resolvido», a obra do historiador e investigador português Manuel Rosa, provavelmente o maior especialista internacional sobre a temática Cristóvão Colombo, vencedora do Prémio «Independent Press Award in World History – 2017», nos Estados Unidos da América, será finalmente editada e apresentada em Portugal.

A apresentação pública do livro está agendada para quinta-feira, dia 2 de novembro, às 21 horas, no Auditório do ISMAT – Instituto Superior Manuel Teixeira Gomes, em Portimão, com a presença do autor.
A obra apresenta as mais recentes conclusões de uma investigação profunda, que o autor iniciou em 1991, apresentando documentos nunca antes analisados, que vão desde testes de ADN até cartas assinadas por Cristóvão Colombo e seus familiares directos, que afastam definitivamente a possibilidade de Colombo ser Genovês.

Mas o autor vai mais longe, comparando a heráldica usada por Colombo e seus descendentes, comparando-a com outros brasões antigos, mas também fazendo a evolução dos mesmos através da descendência do navegador (e espião) até épocas mais recentes, nomeadamente até se confundirem com simbologias maçónicas.

A edição desta obra e de outros estudos de Manuel Rosa, já fizeram com que, nos Estados Unidos, mas um pouco por todo o mundo, surjam vozes a pedir a revisão de manuais escolares, retirando dos compêndios de história as referências à origem genoveva do descobridor da América.

Quem era de facto Cristóvão Colombo, que relação tinha ele com Portugal e geral e com a região algarvia em particular, que proximidade tinha com D. João II, porque ofereceu os seus serviços a Espanha, porque regressado da América reuniu primeiro com D. João II, antes de se dirigir a Espanha, são alguns mistérios resolvidos pelo autor nesta obra, prefaciada na sua edição portuguesa por Nuno Campos Inácio e editada em Portugal pela Arandis Editora.

Haverá igualmente uma apresentação em Lisboa, na Livraria Sá da Costa – Galeria, 100 1º Chiado, no dia 5 de novembro, às 18h30.

Ambas serão uma oportunidade rara de contactar com um dos mais destacados e reconhecidos investigadores internacionais.

Categorias
Cultura


Relacionado com: