Museu de Portimão acolhe debate «Dizer o indizível para quê?»

O próximo debate da Acesso Cultura realiza-se na terça-feira, dia 18 de abril, às 18h30, no Museu de Portimão.

O tema do Dia Internacional dos Museus este ano, celebrado a 18 de maio, é «Museus e histórias contestadas: dizer o indizível em museus». Que histórias serão essas que não se dizem? Porque é que devemos (ou não) contá-las? Terão todos os museus histórias controversas a contar? A quem cabe contá-las? Gostaríamos que este debate nos permitisse reflectir sobre o que devemos ou podemos esperar dos nossos museus, com profissionais e como visitantes.

Estão convidados para o debate Elena Morán, da Câmara Municipal de Lagos; Emanuel Sancho, do Museu do Trajo de São Brás de Alportel; Mário Rui, da Escola de Bemposta de Portimão; Rui Parreira, da Direção Regional de Cultura do Algarve. A moderação será de Luísa Ricardo, do Museu Municipal de Tavira. A entrada é livre.

A Acesso Cultura herda e dá seguimento ao trabalho desenvolvido pelo GAM – Grupo para a Acessibilidade nos Museus. Criado em 2003, o GAM funcionou até 2013 como um grupo informal de trabalho. Juntou membros institucionais e individuais, museus e profissionais de museus.

Em Junho de 2013 o GAM – Grupo para a Acessibilidade nos Museus deu lugar à Acesso Cultura, Associação Cultural. A Acesso Cultura alargou o âmbito da sua acção para todo o sector cultural e tem por objeto a melhoria das condições de acesso – nomeadamente físico, social e intelectual – aos espaços culturais e à oferta cultural.

No sentido de cumprir sua missão, a Acesso Cultura organiza formações nas áreas ligadas à acessibilidade; realiza auditorias e consultorias técnicas em espaços culturais (em construção ou existentes), no sentido da promoção e aplicação dos princípios de acessibilidade e apoio na implementação das consequentes recomendações; organiza seminários, conferências e workshops, com o objectivo de criar um fórum de debate e de promoção de boas práticas; promove e participa no desenvolvimento de projectos de investigação, aplicada na área de acessibilidade; participa em projetos que procurem promover a reflexão e as boas práticas relativas à acessibilidade; divulga notícias e estudos relativos à acessibilidade e por fim, procura estabelecer relações de cooperação com organismos congéneres, nacionais ou estrangeiros ou outros que se revelem úteis à prossecução dos seus fins.

A Acesso Cultura foi criada por 17 sócios fundadores. Hoje em dia, conta com 115 associados ativos, profissionais da cultura e instituições culturais (museus, teatros, companhias de dança).

Categorias
Cultura


Relacionado com: