Maratona de 24 horas no Teatro das Figuras começa hoje

É um evento novo que desafia toda a equipa do Teatro das Figuras, em Faro, e também o público algarvio, de todas as idades. A partir das 12 horas de sábado, dia 29 de abril, passam por dentro e fora do palco diversas expressões contemporâneas das artes performativas, até ao meio-dia de domingo, 30 de abril.
A banda GIFT é cabeça-de-cartaz, mas há propostas para todos os públicos.

Dá por título «24 Horas Figuras» e pretende afirmar-se como o maior evento de cultura contemporânea no sul de Portugal, com inúmeras atividades a decorrer nos vários espaços desta sala de espetáculos e na sua envolvente.

A programação começa com a estreia de «O Grande Embrulho», às 12h00 de sábado, dia 29. É um espetáculo de novo circo, pensado para crianças, adultos e famílias, protagonizado pelo ator, mimo e palhaço alemão Thorsten Grütjen (mais conhecido pelo nome artístico Tosta Mista – o malabarista). É uma produção do Teatro das Figuras, que nos últimos meses o acolheu em residência artística.

Este é um conceito no qual Grütjen, radicado em Aljezur, medita há muito tempo. «Um espetáculo baseado na técnica e na imagem, em cores e objetos do quotidiano», explicou ao «barlavento». Com toda a sua arte e destreza, Thorsten Grütjen usa um simples saco de papel, «numa performance de poesia visual, ao ritmo da música, para envolver o público numa experiência sensorial que contagia crianças e adultos». Há ainda uma componente interativa e mensagem ambiental «embrulhada» em momentos de humor e surpresa.

A parede lateral do edifício vai acolher o espetáculo vertical «Vértices do Corpo e do Espaço», no sábado às 13h00, 17h30, 19h50 e 21h00. É interpretado por Magalie Lanriot, professora de dança vertical e de dança contemporânea da Companhia Olga Roriz, e pela atriz Raquel Nicoletti, fundadora do Armazém 13 em Lisboa e professora da escola Chapitô.

Às 13h15 atua o Coral Feminino «Outras Vozes», no Foyer, sob a direção de Paulo Cunha. Às 14h15 e 16h45 há teatro de marionetas no relvado, para todas as idades, com o «Monólogo da Maria Pólvora». Segue-se o coletivo Te-Atrito que põe em cena, também no exterior, a peça «Varredor de Marés», às 14h45. Durante a tarde, os alunos/as dos cursos profissionais de intérprete de dança contemporânea e de artes do espetáculo e interpretação da Escola Secundária Tomás Cabreira vão andar em itinerância pelo espaço.

Laure de Witte e Nicole Lissy vão dar uma oficina de malabarismo (crianças de 6 a 12 anos) e de bolas de sabão gigantes (4 a 8 anos) às 15h15. Haverá ainda poesia com os «Calceteiros de letras» nos camarins do Teatro, concerto com Ricardo Coelho (às 17h00 no Foyer) e com os Sensible Soccers (às 18h30 no palco rampa). Carolina e Margarida Cantinho apresentam a dança «Ponto Zero» às 19h00. Xinobi (Bruno Cardoso) atua às 20h30 no exterior.

O momento alto fica a cargo da banda The Gift, que regressa a Faro para apresentar o disco «ALTAR» produzido pelo icónico Brian Eno e misturado por Flood, às 21h30.

À mesma hora, o algarvio REFLECT mostra o seu hip–hop no relvado, onde a música continua com a atuação de Mike El Nite a partir das 22h45. O alinhamento conta ainda com D’Alva (23h30, palco rampa); DJ Glue (0h15, palco relvado); Batida (1h00, palco rampa); I Can’t Breathe (sub-palco, 1h00); Branko (João Barbosa ex-Buraka Som Sistema, palco rampa, 2h00); Ghost Hunt (palco relvado, 3h00); Gijoe Dj Set (Palco Relvado, 4h00); Yemadas Viagem Sonora (palco relvado, 6h00). Já com o público bem acordado, domingo, 30 de abril, às 9h00 há teatro com um texto de António Gambóias, «Nem sempre o silêncio é de ouro», interpretado por Alexandra Bota e Inês Martins no sub-palco. Os mais pequenos podem brincar no relvado ao som de Téssa E A Banda Troilaré (projeto concebido por Teresa Silva), às 10h00. E serão convidados a dançar em «Conversas de corpo», às 11h00. Um espetáculo que desenha através de gestos e sons, para crianças dos 0 aos 3 anos. Outro momento digno de destaque é a estreia do grupo farense Galopim, que junta João Tiago Neto (Melomeno-Rítmica e NOME) e Rui Daniel (Epiphany) no palco rampa às 11h00.

A fechar, Salvador Sobral apresenta do disco «Excuse Me» ao meio-dia em ponto.

Na ocasião, o bilhete custa 15 euros, com entrada livre para menores de 12 anos. A aquisição do bilhete para o concerto de The Gift tem o preço de 20 euros para a primeira plateia e 18 euros para a segunda plateia, dando acesso à restante programação do festival. O «24 Horas Figuras» é uma iniciativa do Teatro das Figuras, com o apoio do Município de Faro, do programa «365 Algarve» e da Região de Turismo do Algarve.

Categorias
Cultura


Relacionado com: