João Mariano apresenta «Costa do Mar» em Lagos

O fotógrafo algarvio, conhecido pelos registos impressionantes da Costa Sudoeste, tem um novo livro. A apresentação é sábado, em Lagos.

Poder-se-ia pensar que é uma reedição ou um best of de alguns dos mais icónicos livros já publicados por João Mariano mas isso é, de todo, falso. «Costa do Mar» é um trabalho que resulta da sublimada revisitação a mais de duas décadas de fotografia sobre o «Sul Ocidental, da foz do rio Seixe à pedra do Gigante, em frente ao cabo de São Vicente», como o próprio autor escreve.

Depois de uma primeira apresentação pública em Lisboa, é agora a vez do Algarve, numa sessão a ter lugar sábado, 12 de novembro, às 18 horas, na Galeria do «Mar d’Estórias», em Lagos, espaço que também assegura a edição da obra. Durante o evento será ainda inaugurada uma exposição com dez imagens escolhidas entre as muitas que integram o novo livro.

«Aqui estão a minha Costa Vicentina e o meu Sudoeste definitivos, uma síntese apuradíssima do melhor do meu trabalho fotográfico do final do século passado, quando o tempo corria de uma forma diferente da de hoje», explicou João Mariano ao «barlavento».

«Costa do Mar» é composto por cinco capítulos principais. Quatro redescobrem imagens de anteriores livros e o último apresenta imagens quase inéditas dos portinhos do Forno e da Zimbreirinha. Todo o conjunto agora publicado proporciona uma consistente viagem geográfica e antropológica pelo território, entre o litoral e o interior, onde a natureza e o homem têm monólogos ou diálogos densos, tensos e, de parte a parte, quando se encontram, desafiadores ou angustiantes. O livro tem dois textos introdutórios, um de Rui Prata e outro do próprio autor, além de textos de Alda Rocha no início de cada um dos capítulos.

Apesar de assinalar o fim de um ciclo, «a minha linguagem fotográfica continua». Expressa em novos projectos, como já foi «O Conhecido Desconhecido», sobre o litoral de Lagoa, e outros ainda inéditos, um sobre os rios enquanto paisagens e percursos, e outro sobre a várzea de Aljezur. «Na verdade está em preparação um grande projeto internacional, itálo-português, que muito em breve começará a ser divulgado».

Esta é também a primeira edição com chancela do «Mar d’Estórias», localizado na Rua Silva Lopes, 30, em Lagos. A responsável, Célia Real, explicou ao «barlavento» que «além de espaço comercial, pretendemos ter um papel ativo na divulgação da cultura algarvia. Queremos estar envolvidos com os artistas locais ajudando-os a alavancar projetos criativos de qualidade. O João Mariano, que é um fotógrafo algarvio de mérito reconhecido, precisava de um suporte para editar este livro. Nós quisemos ser esse parceiro». Por agora, «Costa do Mar» está também disponível em Lisboa, na Livraria Ler Devagar, e tem um preço de capa de 65 euros.

Categorias
Cultura


Relacionado com: