Albufeira volta a apostar no Festival Al-Buhera

São cinco dias dedicados ao artesanato, à gastronomia e à música. Richie Campbel, Viviane e Diogo Piçarra prometem noites animadas.

A Praça dos Pescadores, em Albufeira, vai ser o centro do Festival Al-Buhera, entre 27 e 31 de julho. Centenas de tendas e diversas bancas coloridas vão encher a praça com peças genuínas de marroquinaria, cortiça, cestaria, têxteis, artes decorativas, sabonetes naturais, aromaterapia, bordados, aos artigos em tricot e crochet.

O evento, na edição deste ano, extravasou as fronteiras do Algarve para receber artesãos de outros pontos do país, como Vila Nova de Gaia, Porto, Alentejo, centro, zona metropolitana de Lisboa e Ilha da Madeira.

Évora, por exemplo, faz-se representar com os cobres, os bronzes, as peles e os tradicionais chocalhos – arte milenar distinguida pela Unesco, em dezembro de 2015, como Património Cultural Imaterial da Humanidade. Da localidade de Redondo, no Alentejo, chega a olaria.
Além das artes e ofícios, «o programa aposta nos produtos da gastronomia tradicional e na animação musical», divulgou a Câmara Municipal de Albufeira, em nota de imprensa.

A doçaria regional do Algarve, conservas, compotas, licores, mel e a flor de sal vão disputar as atenções dos visitantes com os Pastéis de Tentúgal, a doçaria conventual e produtos regionais da Madeira como a poncha e o bolo do caco.

A música é outra das apostas do Festival Al-Buhera, com um cartaz pensado à medida para agradar a todos os gostos. Na quarta-feira, dia 27, o certame abre as portas com José Cid que interpretará alguns dos maiores sucessos da sua carreira, mas também músicas dos álbuns mais recentes. A primeira parte do espetáculo é garantida por José Praia.

Na quinta-feira seguinte, sobe ao palco Viviane, com o Grupo Al-Buhera a aquecer o público antes da atuação da cantora. No dia 29, os Al-Mouraria abrem o espetáculo do jovem artista algarvio Diogo Piçarra. No sábado, o festival será aquecido pelos ritmos quentes da Jamaica com a voz do maior cantor nacional de reggae Richie Campbel, a seguir à atuação de Beto Kalulu & os Compotas. No domingo, 31 de julho, o Festival Al-Buhera encerra com a Banda Alhada que abre o concerto de Dengaz & Ahya Band.

O evento, que já integra os principais roteiros culturais e turísticos do país, abre o recinto das 19 à 1 hora e tem entrada livre.

Categorias
Cultura


Relacionado com: