«365 Algarve» chega a mais de 19 mil pessoas em apenas três meses

Dália Paulo, comissária do «365 Algarve».

Em apenas três meses, o programa «365 Algarve», que visa dinamizar o destino turístico ao longo do ano, reforçando a oferta cultural existente, somou 191 apresentações, impactando 19.273 mil pessoas, sendo que 25 por cento são turistas estrangeiros.

«O 365 Algarve é um programa diversificado e bastante completo, que não se confina aos espaços tradicionais. A sua multiplicidade temática e artística tem vindo a enriquecer a programação cultural dos 16 municípios do Algarve por onde se estende este programa», refere Dália Paulo, Comissária de Programação, em nota hoje enviada à imprensa.

Nestes primeiros três meses, o 365 Algarve percorreu 15 dos 16 concelhos do Algarve, envolveu 64 locais e contou com a colaboração de 19 parceiros, entre organizadores, agentes culturais locais, públicos e privados e municípios.

«Felicitamos todas as entidades e parceiros que se têm unido em prol da intensificação da oferta cultural, de forma consistente, criativa e inovadora, através da qual se tem conseguido diminuir a sazonalidade e aumentar a programação cultural da região. Até maio deste ano o Algarve estará repleto de atividades que prometem surpreender residentes e turistas», evidencia Desidério Silva, Presidente da RTA, na mesmo documento.

O programa de eventos vai continuar a surpreender destacando-se já no próximo mês de fevereiro, a estreia mundial do concerto a quatro mãos para piano por Mário Laginha e Armando Mota, no âmbito do 1.º Festival Internacional de Piano do Algarve, que terá lugar no dia 18 de fevereiro, no Teatro Municipal de Portimão.

O irreverente «ALQUIMIA – Itinerâncias Culturais», é outro evento em destaque no cartaz do «365 Algarve», uma proposta cultural que oferece ao público experiências que enriquecem e intensificam a vivência do lugar.

«ALQUIMIA» é um convite à redescoberta da região algarvia em quatro programas distintos de três dias cada, dedicados a cada um dos quatro elementos (Água, Ar, Fogo e Terra), que integram workshops, encontros, passeios, conversas e visitas guiadas que se interligam, complementam e desenrolam pelo Sotavento Algarvio nos meses de fevereiro, março, abril e maio.

A gastronomia também terá destaque no final de fevereiro, pelas mãos do Chef Antoine Westermann, que irá organizar uma Semana Gastronómica, no Museu de Portimão, no âmbito do projeto «Fazer Render o Peixe em Portimão».

A programação completa pode ser consultada na página do «365 Algarve» no Facebook e o programa está disponível para download no sítio da Região de Turismo do Algarve na Internet.

Parceria inédita para alunos universitários em Eramus na região

Promover o destino turístico junto dos estudantes estrangeiros, tendo como ponto de partida a oferta cultural do programa «365 Algarve» foi a ideia que norteou a parceria pioneira entre a Região de Turismo do Algarve (RTA), a Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) e a Universidade do Algarve (UAlg) e que vai decorrer ao longo deste ano.

O desafio que o «365 Algarve» lançou aos municípios e à universidade para realizar uma parceria que visa promover a região na comunidade académica prende-se com três dos objetivos do programa: reforçar a identidade cultural do território, construir um projeto estruturante e sustentável e melhorar a experiência e a perceção do destino.

«Tendo como foco principal da parceria os alunos internacionais, Erasmus e outros, a frequentar a Universidade do Algarve – cerca de 1200 estudantes –, pretende ganhar-se embaixadores da região e do programa 365 Algarve, através da promoção e descoberta das pessoas, identidade e território, bem como afirmar a oferta cultural, no sentido de passar a palavra de que na região todos os dias contam», esclarece a comissária de programação Dália Paulo.

«Pedimos aos 16 municípios do Algarve para num dos dias de espetáculo definirem um programa de visita cultural, sem esquecer a gastronomia e outros atrativos turísticos que certamente irão maravilhar os alunos internacionais a frequentar a Universidade do Algarve. Assim, estes jovens estudantes estrangeiros vão conhecer alguns dos segredos da região ao mesmo tempo que assistem a apresentações do programa 365 Algarve, uma forma original de aliar Cultura e Turismo», explica o presidente da RTA, Desidério Silva.

Para o reitor da Universidade do Algarve, António Branco, «esta parceria confere especial ênfase, por um lado, à estratégia de internacional da instituição e, por outro, à natureza cosmopolita da região, articulando-as num esforço conjunto centrado na valorização do Algarve enquanto região de Cultura».

A parceria arrancou a 14 de janeiro, em Vila do Bispo, com «Morphosis», um projeto de Hugo Alves e João Frade que une dois instrumentos improváveis, o trompete e o acordeão. No concerto, um dos melhores trompetistas nacionais e um mago do acordeão exploram juntos a tradição à luz da modernidade​, numa improvisação sobre temas originais escritos a pensar nas potencialidades dos dois instrumentos.

Categorias
Cultura


Relacionado com: