• Abstencionismo

    Para os «profissionais» da política (que, naturalmente, nada têm a ver com aqueles que fazem da política um desinteressado exercício cívico, em prol da comunidade), o que lhes interessará mais não será do que a conquista do poder pelo poder, que lhes permita direta ou indiretamente «proveitos» vários ou,...
  • Estamos ligados ao oceano!

    O consenso acerca da necessidade de proteção da saúde ambiental dos oceanos já é uma realidade de âmbito mundial, dada a ameaça eminente de danos irreversíveis nos ecossistemas. Esta problemática não é alheia à Águas do Algarve, empresa responsável na região por duas áreas fundamentais à saúde e ao...
  • Em Defesa de Olhão e dos Olhanenses

    A propósito de um artigo de opinião de Filipe Monteiro (arquiteto) sob o título «Olhão, o jardim e a frente da Ria», publicado no jornal Barlavento, edição nº2074 de 7 de setembro. Inicia o seu texto com uma citação de Eurípedes: «Há uma espécie de pobreza espiritual na riqueza...
  • Plataforma Algarve Livre de Petróleo (PALP) responde a Alexandre Guedes da Silva

    No passado mês de agosto foi publicada no jornal «barlavento» uma entrevista ao engenheiro naval Alexandre Guedes da Silva, que se assume «como um algarvio a favor da prospeção e da exploração de hidrocarbonetos (gás e petróleo) ao largo da região». Lamentavelmente, encontramos nas respostas do entrevistado muitos argumentos...
  • Pesca Submarina: adeus Croácia!

    A pesca submarina é uma atividade lúdica e desportiva ainda desconhecida pelo grande público e sobre a qual pouco ou nada se sabe. Nada que, no entanto, impeça a seleção portuguesa e os seus atletas de conquistar importantes títulos internacionais, dos quais mais se destacam a conquista dos títulos...
  • Algumas reflexões sobre Faro e as autárquicas

    Faro enquanto capital de distrito de uma das cinco regiões plano de Portugal continental tem padecido de falta de visão estratégica. Talvez isso explique o facto do processo de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) – o instrumento, por excelência, de ordenamento territorial à escala concelhia, já que orienta...
  • Faro: dois sacos, a mesma farinha!

    Por via do endivadamento das gestões autárquicas repartidas (PSD/CDS e PS), Faro é uma cidade estagnada. Antes da declarada crise económica que pôs a nu o banditismo generalizado pelo país do uso e abuso dos dinheiros públicos seguindo-se o correspondente desinvestimento, a paragem da construção civil em Faro era...
  • Faro, cidade gostosa mas não assim tão formosa

    Faro está melhor. Todos parecem concordar nesta opinião. Mal seria se continuasse na mesma. A iniciativa empresarial trouxe novos espaços e negócios, a baixa comercial conheceu novo fôlego. O turismo puxou a economia como nunca se viu, Portugal está na moda e o número de turistas por cá também...
  • O Dia Mundial do Turismo segundo Desidério Silva

    No próximo dia 27 de setembro, celebramos o Dia Mundial do Turismo, centrado no tema da sustentabilidade, pois 2017 foi designado Ano Internacional do Turismo Sustentável pela Organização Mundial do Turismo (OMT). Os destinos turísticos de todo o mundo receberam, no primeiro semestre deste ano, 598 milhões de turistas...
  • Olhão, o jardim e a frente da Ria

    Não podemos contornar o facto de que a génese de Olhão se baseia essencialmente na atividade piscatória e marisqueira, transversal à influência Mediterrânica e do Norte de África, na cultura, na arquitetura, nas atividades económicas e na gastronomia, sendo esta a sua identidade e por conseguinte o maior produto...
  • A Raça Bovina Algarvia: mito ou realidade?

    Quem no Algarve viveu da agricultura antes dos anos 1970, lembra-se certamente de bovinos característicos da região, utilizados para trabalho e carne, e até leite para populações locais. Poderá esta população bovina ser considerada uma raça distinta das outras raças nacionais, uma pretensa raça algarvia? Uma população de bovinos...
  • Cinefilia

    Não haverá, porventura, ninguém que num dado momento da sua vida não tenha sonhado com o mundo do cinema, fazer parte do mesmo! No que, pessoalmente, me toca, a «febre» respetiva teve lugar logo no início da adolescência, num tempo dos «cinemas paraísos» de Giuseppe Tornatore, sonhando ser um...