• Algarve a uma só voz

    Sem um rosto em torno do qual os algarvios se mobilizem na defesa da resolução dos problemas estruturais que afligem a região e que travam o seu progresso, contrariamente ao que sucede noutras áreas do país, não há como potenciar o desenvolvimento económico e social sustentável que os algarvios...
  • São Brás de Alportel – reabilitação ou destruição do centro histórico?

    Trava-se uma batalha cívica para evitar que esta vila se torne definitivamente um lugar vulgar igual a tantos outros. O que resta de harmonia e de identidade está agora em risco de se perder para sempre. É que o património destruído já não é recuperável e a Câmara não...
  • O estranho caso da Capitania do Porto de Lagos

    Foi com surpresa e tremenda estupefação que todos aqueles que praticam pesca submarina e que escolheram Lagos como o seu destino de férias, se viram estranhamento confrontados com uma interdição desta modalidade. De acordo com o Edital 012/2018 da Capitania de Lagos, durante o período de 1 de junho...
  • Em Lagos, as paredes contam estórias

    O Mar d’Estórias, edifício histórico do centro de Lagos, é um projeto que fervilha de ideias que são fiéis à modernidade, mas muito enraizadas no património. Conhecendo o passado da nossa cidade descobrimos também a nossa história. Por isso, não será de estranhar que, ao folhearmos a clássica obra «Lagos,...
  • Uma incompreensível e ilegal transposição da Diretiva 2015/2302/UE

    A partir de 1 Julho de 2018, Portugal viola gravemente a legislação europeia ao não proteger adequadamente os viajantes na insolvência de um grande operador, faltando milhões (dezenas?) de euros no fundo de garantia de harmonia com uma avaliação prudente do risco à luz do exigente princípio da efetividade...
  • Os vendilhões do templo

    Jorge Mangorrinha, especialista em turismo, exprime de forma particularmente clara, o ciclo maldito que tem estado na base do desenvolvimento do Algarve nas últimas décadas: «urge pensar os novos territórios, salvaguardando-os do turismo autofágico, que acaba por subtrair, desses territórios, os recursos que estimularam a sua ocupação. Depois de...
  • A plantação de vinhas e a reforma da PAC

    No âmbito do próximo orçamento de longo prazo da União Europeia 2021-2027, a Comissão propôs, no passado dia 1 de junho, a atualização e simplificação da Política Agrícola Comum (PAC) pós-2020. Desde a sexta Organização Comum de Mercado (OCM) vitivinícola, em 2008, a União Europeia aumentou consideravelmente as suas...
  • O Algarve e os fundos europeus

    É com relativa estupefação que se constata que de modo geral, poucos são os projetos que o Algarve apresenta a cofinanciamento pelos Fundos Europeus, especialmente no âmbito do Programa Interreg Sudoe, o qual apoia o desenvolvimento regional no sudoeste da Europa. No seu âmago, este Programa visa desenvolver cinco...
  • Ordenamento do território

    Esteve em discussão, durante o mês passado, o relatório sobre o estado do ordenamento do território no concelho de Loulé. Este relatório é de execução obrigatória a cada quatro anos e tem como objetivo dar continuidade ao processo de revisão do Plano Diretor Municipal (PDM). Trata-se de um documento...
  • Envelhecer no Algarve

    O oblívio a que esta região era votada pelos investigadores dedicados à temática do envelhecimento, os quais raramente desciam a sul do Tejo para recolha de dados, começou a ser ultrapassado quando a Universidade do Algarve (UAlg) decidiu criar o curso de mestrado em Gerontologia Social, há uma década....
  • 1ª Marcha LGBTI em Faro

    Lésbicas, Gays, Bissexuais, Trans e Intersexo (LGBTI) continuam a ser alvo de discriminação e preconceito nos mais diversos contextos das suas vidas. Ainda há pouco celebrámos o 25 de Abril que materializou na nossa constituição direitos de liberdade fundamentais. Com o tempo, leis foram atualizadas, melhoradas e adaptadas abrindo...
  • Inveja

    Nos 600 anos da descoberta do Arquipélago da Madeira, começada pela Ilha de Porto Santo em 1418 e logo depois do início da expansão marítima portuguesa com a tomada de Ceuta, três anos antes, é momento para nos fazer pensar sobre o papel que queremos salvaguardar para futuro enquanto...