• O euro está de parabéns

    Foi há 20 anos que o euro entrou oficialmente nas nossas vidas. Passaram apenas duas décadas desde que, a 1 de janeiro de 1999, o euro se tornou moeda oficial em 11 países – entre os quais Portugal, que esteve na linha da frente e apostou na moeda única...
  • Comissão Europeia no combate à desinformação

    Os meios tecnológicos hoje disponíveis têm contribuído para uma fortíssima aceleração da velocidade de difusão das notícias. Seja por via dos próprios media tradicionais, diretamente ou através de plataformas online, seja por via das chamadas redes sociais, a informação difunde-se hoje instantaneamente. Estes mecanismos modernos permitem que estejamos informados...
  • O «ecoresort» da Fuzeta, ou como a Câmara de Olhão compromete o futuro sustentável das comunidades

    Os planos apresentados e divulgados pelo presidente da Câmara Municipal de Olhão em declarações públicas a jornais regionais, para o futuro do concelho, revelam uma obsessão pela captação de investimento a todo o custo, centrando o crescimento económico no turismo e obviando preocupações de desenvolvimento das comunidades, das suas...
  • SOS ao governo pelos sobreiros

    Um professor do Instituto Superior de Agronomia (ISA) descobriu em 1991, nas sementes de tremoço doce germinado, uma proteína a que deu o nome de BLAD, a qual revelou ter um efeito altamente fungicida. Tendo sido obtida a patente portuguesa e com vários investidores interessados, foi construída em 2013...
  • 2019 é ano de decisões

    A chegada de um novo ano envolve sempre reflexões, reformulações e novos projetos. É também isso que se prevê para a União Europeia (UE) em 2019. O balanço do ano passado revela importantes concretizações: são exemplos as propostas de reforço do orçamento da UE para a Ciência e Inovação...
  • Portugal dos Pequenitos

    «SAGRES. Por aí andaram homens de civilizações várias, sagrando um promontório com os seus deuses no fim do Mundo. Dos Romanos que o chamaram de Sacro pela natureza propícia a consílios de divindades longe dos homens que as criaram. Pelos Cristãos que o ocuparam de cultos e de eremitas,...
  • Uma política de mobilidade para o Algarve

    É cada vez mais evidente a necessidade de o Algarve implementar uma verdadeira política regional de mobilidade. Uma política a concretizar por etapas e que dê primazia aos sistemas multimodais; atenda à necessidade de transitarmos para uma economia de baixo teor de carbono; promova a eficiência energética; reduza as...
  • Um futuro europeu sustentável

    O desenvolvimento sustentável está, desde há muito, no cerne do projeto europeu. A União Europeia está empenhada num desenvolvimento que satisfaça as necessidades do presente sem comprometer as das gerações futuras. Foi com isto em mente que, em 2015, a União Europeia adotou a Agenda 2030 das Nações Unidas...
  • Orçamento de Estado para 2019: Lisboa, Porto e mais qualquer coisa…

    Com alguma razão se tem dito, e escrito, que o Orçamento de Estado (OE) para 2019 evidencia um forte pendor centralista. Talvez com o propósito último de amainar o terreno político para as próximas eleições legislativas e de recolher, assim, o maior número votos possível nos grandes pólos urbanos,...
  • Algarve: um novo Hospital, um novo conceito

    Tendo surgido notícias nas últimas semanas sobre «o Parlamento aprova por unanimidade proposta para avanço do Hospital Central do Algarve», velhas ideias voltaram-me à cabeça. Antes do mais, parece-me que esta notícia é apenas uma mão cheia de nada. A proposta é apenas para que em 2019 se iniciem...
  • Taxa turística no Algarve: o «pecado original»

    A Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) aprovou recentemente as bases para a introdução de uma taxa turística de 1,5 euros por dormida (crianças até 12 anos não pagam), entre os meses de março e outubro, estimando uma receita anual de 25 milhões de euros com esta taxa. Esta medida...
  • Associação Elos de Esperança, grupo de voluntariado no CHUA – unidade de Portimão

    O Dia Internacional do Voluntariado, proclamado a 5 de dezembro de 1985 pelas Nações Unidas, é celebrado todos os anos como forma de incentivar, valorizar e agradecer o trabalho de voluntariado prestado por milhões de pessoas em todo o mundo. Em Portugal o voluntariado tem vindo a aumentar, tanto...