Luís Ganhão

  • «QUO Vadis» Espécie Humana (E não só)?

    Quem pretenda relaxar sem recurso a caros anti-depressivos, que engordam a indústria farmacêutica, ainda vai tendo como alternativa possível e de baixo ou nulo custo, o poder encetar caminhadas pela natureza, sentindo o calmante silêncio que a envolve ou ouvindo o chilrear alegre da passarada, inalando o cheiro a...
  • «Aparições»

    Quando se fala nas virtudes da União Europeia, começa-se, não raro, por apontar a paz que terá proporcionado ao velho continente, até então dilacerado por conflitos belicistas vários, de que as duas grandes guerras no século passado serão exemplo. Mas ganhando até agora (ou, pelo menos, até ao «Brexit»)...
  • Humanidade, que amanhã?

    Quando olhamos para a História da Humanidade e constatamos as guerras, as epidemias, as fomes, entre tantos outros flagelos, que sempre, em maior ou menor grau, a marcaram, e esta a tudo sobreviveu, poderemos ser tentados a concluir, de forma otimista, face aos múltiplos problemas com que hoje nos...
  • Saída

    Se os britânicos virão a lucrar ou a perder com a saída da União, assim dita, Europeia, matéria sobre a qual não tem faltado especulação, o futuro o revelará, ainda que nesse futuro se possa vir a reconhecer que poderão ter ganho numas coisas e perdido noutras, dado a...
  • O «caldo» sistémico e o «populismo»

    Se num «caldo» sistémico, onde vamos encontrar «ingredientes» tipo: um capital que deixou de ter pátria, se é que alguma vez a teve, deslocando-se para onde mais facilmente se possa multiplicar, fechando fábricas nuns sítios e abrindo noutros, desde que passíveis de exploração de mão-de-obra mais barata, nem que...
  • De Buraco em buraco… até ao Buracão.

    Poder-se-ia pensar que estórias de «buracos», só na banca, ilustrativas das «elites» gestionárias da dita, a merecerem os altos ordenados e prémios que lhes são conhecidos. Mas não, há, também, as de outros «buracos», como o que a seguir tomo a liberdade de descrever: numa das ruas de acesso...
  • O «Deslumbramento» e o «Pormenor»

    Se há domínios em que as novas tecnologias têm levado a ganhos de eficiência nunca antes registados, o do combate à fraude e evasão fiscal encontra-se entre eles, pelo cruzamento e tratamento de dados permitidos. Vem isto a propósito da «auréola» gestionária recaída sobre Paulo Macedo, novo CEO (os...
  • Onde param?

    O que é feito da geração (de esquerda) dos anos sessenta/ setenta? Uns, porventura, poucos, continuarão, militantemente, «sonhadores», outros, quiçá a maioria, ter-se- -ão «acomodado» em nome do «pragmatismo» e criado «barriguinha» nas novas e diversas instâncias de poder nascidas pós-25 de Abril e, finalmente, outros, ainda, «metamorfosearam-se» sem...
  • E se…?

    No tempo, por exemplo, dos romanos, cujo modelo económico assentava na escravatura pura e dura, presume-se que as denominadas «elites» de então – a não ser algum «excêntrico» ou «populista» – não admitissem a existência de qualquer outro modelo alternativo ao dito. A verdade, porém, é que o mesmo...
  • O pão e Trump

    As pessoas ou as «massas», conforme, politicamente, se achar mais correto, antes de serem, ideologicamente, de esquerda, de direita ou de outra coisa qualquer, serão pelo pão na mesa. E se esse pão faltar e não conseguirem perceber o que à sua falta levou, atrás de quem lho prometer,...
  • Referendo, já!

    Formalmente ou constitucionalmente, como se quiser, seremos uma República, mas o nosso coração não deixará de bater forte pela Monarquia, essa é que será a verdade! Se alguma dúvida sobre isso pudesse existir, é observar-se os Reis das Bifanas, dos Frangos, do Peixe Assado, do Churrasco, dos Leitões, das...
  • Fraude Desportiva

    Imagine-se, por momentos, um Torneio em plena Idade Média, aberto, democraticamente (apesar da época), a Senhores Feudais e a Servos da Gleba, mas em que os primeiros se apresentavam montados em bons cavalos e com melhores armaduras e lanças, enquanto os segundos em burros e com simples paus nas...