Luís Alexandre

  • Mão-de-obra importada: o Turismo sai a ganhar?

    Um tema que escapa aos olhos dos cidadãos é o da forma de vida de muitos dos trabalhadores importados. Todos sabemos que há falta de mão-de-obra no Algarve, em particular no sector do Turismo (os outros, como o da construção estão em pausa financeira e o da agricultura vai-se...
  • Faro: dois sacos, a mesma farinha!

    Por via do endivadamento das gestões autárquicas repartidas (PSD/CDS e PS), Faro é uma cidade estagnada. Antes da declarada crise económica que pôs a nu o banditismo generalizado pelo país do uso e abuso dos dinheiros públicos seguindo-se o correspondente desinvestimento, a paragem da construção civil em Faro era...
  • Mercantilismo seduziu presidente de Câmara de Albufeira!

    Numa ação de clara instrumentalização, uma conceituada marca de bebidas a nível mundial montou uma inteligente campanha publicitária que se serve do Turismo e dos viajantes para se promover. Convida a consumir e, em preferência, oferece aos sorteados viagens de quatro estrelas pelos muitos países eleitos espalhados pela Europa....
  • A capital do Turismo e as cheias

    1) A suposta ignorância: sem PDM e com PDM, PS e PSD, os partidos únicos mandantes no concelho de Albufeira não deixaram de assinar os IMI e IMT que engordavam o orçamento camarário, fechando os olhos ao acidentado da natureza que nunca deixou de se revoltar. Duarte Pacheco viu...
  • Uma visão estratégica para a sustentabilidade de Faro

    Há poucos dias num café da baixa da cidade, a conversa entre dois funcionários que vivem de comissões, logo do ritmo da atividade, era de que Faro estava a aprender as dificuldades da sazonalidade, queixas que ouviam de outras partes da região. Tratando-se de pessoas que conheço e me...
  • A22: a autoestrada da hipocrisia política!

    Com o circo eleitoral de volta, as múmias político-partidárias da maioria e do seu cavalo de carga, autores da estratégia das portagens em sucessivos governos, sabendo que estes espinhos de contradições e mentiras não saem das cabeças e dos bolsos dos algarvios, aparecem de novo a apoderar-se do debate,...
  • Maiorias absolutas: estabilidade para governar ou desestabilizar?

    Sendo os argumentos da democracia a representatividade, admitindo que as sociedades têm correntes de opinião e elas derivam de variados fatores, o primeiro dos quais a posição dos indivíduos face à apropriação da riqueza produzida, criando as classes, a História recente do nosso país que se libertou de uma...