Bruno Filipe Pires

  • «Lavrar o Mar» com novidades na calha

    Tem sido uma receita de sucesso, que promete ainda dar muito que falar. A equipa por detrás do projeto «Lavrar o Mar – as artes no alto da serra e na costa vicentina» está a finalizar o cartaz do Festival Internacional de Artes Performativas, que será dividido em dois...
  • Novos latoeiros não querem deixar morrer o ofício no Algarve

    Entre moldes e rabiscos, os velhos ponteiros para marcar a folha de flandres têm qualquer coisa de mágico, na sua simplicidade. «Está a ver como se faz uma peça dimensional? Num instante deixa de ser apenas uma folha de chapa plana e passa a ser uma figura geométrica. É...
  • CAPa com cartaz de luxo em maio

    O Centro de Artes Perfomativas do Algarve (CAPa), em Faro, vai acolher durante o mês de maio, a segunda parte do festival «encontros do DeVIR – cidades utópicas, cidades possíveis». Depois das apresentações de encomendas a criadores nacionais em quatro cidades algarvias, sobre a descaracterização da região, a black...
  • Requalificação de Monte Gordo preocupa Almargem

    Pergunte-se a João Santos, prestes a somar 30 anos de intervenção cívica, o que mais há de preocupante hoje no Algarve. «Tanta coisa. É só dizer o nome de um concelho. Mas, sobretudo, continua a haver alguma má gestão e insensibilidade absoluta em relação ao litoral». Neste sentido, ainda...
  • Marinha recorda as ações do submarinho U-35 no Algarve 100 anos depois

    Abrigado pelo escuro da noite de 12 de abril de 1917, o Seiner Majestät Unterseeboot 35 (U-35) atravessou o Estreito de Gibraltar rumo a oeste, vindo da sua base no Adriático (atual Montenegro). Ao comando vinha um homem destinado a ser lenda: Lothar von Arnauld de la Perière (1886-1941),...
  • Nova diretora do Conrad Algarve quer apostar nos jovens talentos

    Está desde janeiro à frente do Conrad Algarve, na Quinta do Lago, sucedendo ao austríaco Joachim Hartl. Teve apenas uma semana, em dezembro do ano passado para o handover com o antecessor. Katharina Sclaipfer chegou de Florença, onde dirigiu duas propriedades da cadeia Hilton. Antes, ocupou cargos na França...
  • Algarve tem um «turismo de afetos»

    De 1993 até hoje muita coisa mudou, segundo o novo estudo «O perfil do turista que visita o Algarve», apresentado na quinta-feira, 6 de abril, na Região de Turismo do Algarve (RTA), em Faro. O documento foi realizado pela Universidade do Algarve, sob a coordenação científica e técnica dos...
  • Somos o que comemos

    O primeiro seminário sobre o tema «Planeamento de refeições vegetarianas para crianças em restauração coletiva» realiza-se na terça-feira, 18 de abril, na Escola do Ensino Básico da Fonte Santa, em Quarteira. É uma feliz coincidência visto termos aprovado no dia 3 de março, na Assembleia da República, o nosso...
  • A Páscoa explicada em novo livro para todos

    O historiador algarvio José António Martins apresenta o seu mais recente livro ««Páscoa. Origens. Significado. Tradição» hoje, sábado 15 de abril, às 16 horas, em Barão de São João, Lagos, na Feira do Folar e do Artesanato. A obra procura «dar a conhecer aspetos menos conhecidos e fazer luz...
  • Turma de Gestão noturna da UAlg colabora com a Águas do Algarve

    Em breve, a Águas do Algarve vai lançar uma nova campanha de sensibilização para a qualidade da água da torneira da região. Mas desta vez há uma novidade. A turma do 3º ano do Curso de Gestão, regime noturno, da Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade...
  • «Rastilho» ou o sonho de uma tarde primaveril

    Um cenário bucólico, um elenco de talentos locais, uma caminhada por um trilho da Rota Vicentina, coreografias com um rebanho de cabras e um grande final em que serão servidas iguarias campestres frente a um lago escondido. Tudo isto faz de «Rastilho» uma das mais ambiciosas experiências performativas da...
  • Cientistas «não sabem» se a Ria Formosa ainda é um santuário do cavalo-marinho

    Em meados de novembro, na estação de autocarros de Marbella, em Málaga, três portugueses vindos de Olhão, tentam vender 7 quilos de cavalos-marinhos secos (2133 exemplares no total), por 10 mil euros. Os recetadores querem levar a mercadoria para a China, onde são usados como afrodisíacos, uma espécie de...